sábado, julho 01, 2006

Uns Takes!


Olha só o que circula na edição de hoje no site do Correio da Bahia, numa entrevista com o joão marcello bôscoli, o homem Trama, focada no programa da Trama Virtual no canal Multishow:

"Na estréia, o destaque musical é a banda pernambucana Mombojó, cujo primeiro CD na Trama, Homem-espuma, foi lançado recentemente. Um dos melhores quadros do programa é Visitando a cena, que vai a Santos no début e destaca SALVADOR NA EDIÇÃO DO PRÓXIMO DIA 23, COM PARTICIPAÇÃO DAS BANDAS THE HONKERS, LOS CANOS, FONTAKA, VINIL 69,O VESTIDO PRETO DE VALENTINA E PESSOAS INVISÍVEIS."

Anotou direitinho?

Dia 23/07, 18h, no canal Multishow

*************************************************************************************

A hora e a vez do funk curitibano (ou música pra rir!)

Sim, eles importaram o pior estilo de música feita no Rio de Janeiro, deram um sotaque "lei T quen T" e estão ai fazendo graça dos indies, descolados e modernos. Por enquanto tá engraçado, mas chega uma hora que não se dá um limite as cópias e o ruim é que o estilo curitibano de fazer funk começa a se espalhar por outras cidades do país.

Ouça os que eu acho mais bacanas:

Bonde das Impostora

Bonde do Rolê

Bonde do Picolé Cuspido

*************************************************************************************

A banda Automata encerrou ontem oficialmente suas atividades como segue o depoimento no fotolog deles.

10 Comments:

Anonymous Sid said...

Automata acabou?
Já vai tarde!

18:05  
Anonymous eduardo césar said...

olha a má fé...

18:58  
Blogger miwky said...

incrível como tu não pode escutar tuas próprias observações, eduardo.

claro que eu não curtia o som da automata, mas acho que é uma perda pra cena sim e pro público deles. eles tavam indo bem, tocando pelo país afora...

23:03  
Anonymous ed said...

concordo com Miwky, eu tambem não gostava da banda e não achava nada de mais, assim como não acho em muitas bandas de salvador, mas acho que vai fazer falta sim. Os caras já estavam com clipe na MTV, tocando em alguns estados Brasileiros, tinha seus fãs, além de abrir algumas portas da cena local, pra mim toda banda no fundo é importante. meia duzia gosta outra meia não, porcaria pra uns, a melhor coisa do mundo pra outros, e assim o rock anda a 4 decadas...

(obs: eu não concheço os integrantes do Autoramas)

11:55  
Anonymous ed said...

desculpe, eu quiz dizer Automata.

11:58  
Anonymous Eduardo César said...

"olha a má fé" Miwky, foi em relação ao comentário acima do meu. O "Já vai tarde". Sacou?

Eu não saquei o "claro que eu não curtia o som da automata"... claro porque?

14:16  
Blogger miwky said...

entendi seu primeiro toque, eduardo.

claro que eu não curtia o som, pois quem acompanha o meu blog nunca leu de eu comentar da banda. ela aqui só figurava na agenda ou quando algum convidado a citava.

a banda não fazia a minha cabeça, não é o estilo que eu curto, mas respeito que vc goste.

17:06  
Anonymous eduardo said...

é o velho critério do "gostismo"...

18:17  
Blogger miwky said...

queira ou não é um critério. melhor, é o meu critério pra coisas do blog. não é difícil de entender.

23:55  
Anonymous Sid said...

Qual é o problema do critério do "gostismo"? Eu acho que música é questão de gosto mesmo, música boa é a que a gente gosta, o resto é conversa fiada. Ou a gente tem que falar bem de todas as bandas de rock da Bahia, só porque são da Bahia? É cada uma...

19:08  

Postar um comentário

<< Home