domingo, março 26, 2006

Ecos


Neste domingo, o bbb estréia uma série de entrevistas com bandas novas da cidade, bandas que se encarregarão de levar a outro nível a produção musical realizada atualmente. Tudo direto do msn, no maior clima de bate-papo, mesmo. Pra primeira entrevista, nada melhor que abusar do proselitismo e privilegiar a prata da casa: Bruno Carvalho, companheiro do blog nosso, guitarrista da The Honkers, pessoa que já esteve em trocentas bandas da cena alternativa da cidade e que agora tá mandando ver no seu projeto paralelo Pessoas Invisíveis.





Miwky: Então Bruno, depois de encampar diversos projetos sonoros na cidade, por que agora Pessoas Invisíveis?? E por que este nome peculiar??

Bruno Carvalho: Porque eu tinha a necessidade de poder registrar algumas das minhas músicas, que não se adequavam a nenhuma das outras bandas das quais fiz parte. São músicas bem autorais, na verdade nem achava que alguém ia se interessar muito por elas. E sobre o nome, é uma piada... como eu sou o único "membro da banda", os outros são pessoas invisíveis...
Mas na verdade, eu vi escrito numa camisa "Pessoas Invisíveis", achei sonoro e engraçado também.


Miwky: Ah, a faixa que eu ouvi "Começo do Fim", que está disponível na trama virtual, me parece um trabalho realmente diferente do que acompanhei nas outras bandas como Ladylhama, Satélite do Amor, The Honkers... Verdade que vc fez todos os instrumentos? Como foi o processo de criação desta música??

Bruno Carvalho: Esta música fazia parte do repertório de uma banda anterior chamada Partido Alto. É bem diferente mesmo, tem uma coisa meio pop, mais "acessível" digamos, sem parecer descartável. Eu toquei todos os intrumentos, menos a bateria, que ficou a cargo de Jera Cravo, que também gravou e está mixando o disco. A música se desenvolveu a partir do riff inicial. Não foi nenhuma idéia genial ou algo do tipo. É uma canção de rock típica...

Miwky: Uau! Temos um disco a caminho, então?? Onde vai chegar a Pessoas Invisíveis?? Quero dizer, como serão os shows, se é uma banda de um homem só?? Pensa em formatar uma banda??

Bruno Carvalho: Sim, é um disco. Inclusive com uma participação muitíssimo especial. É bem provável que junte alguns amigos para tocar essas músicas ao vivo. Na verdade isso já está sendo encaminhado. Acho que não vai demorar muito pra poderem nos ouvir ao vivo.

Miwky: Legal! Revela ai para os leitores do bbb a participação muitíssimo especial...

Bruno Carvalho: Minha namorada, Nilma Cris. Ela canta comigo duas músicas, "Meu Sol Não Vai Apagar" e "Tudo é Seu". Aliás, essas duas músicas foram compostas pra ela.

Miwky: Como está sendo a receptividade da P. I?? Existem mais músicas disponíveis ou temos que aguardar o disco? Quantas faixas constarão nele??

Bruno Carvalho: Serão seis faixas. A mixagem das outras termina nessa sexta-feira (31/03). É bem provável que eu as disponibilize na trama virtual. A recpetividade tem sido legal. Algumas pessoas têm me escrito, comentando que tá legal, e que estão esperando as novas músicas. Serão seis músicas... A depender da receptividade até o final do ano eu gravarei algumas músicas que ficaram de fora do disco.

Miwky: Então, como definiria o disco?? É rock e é amor também?? Percebe alguma banda que influencia o som da P.I?

Bruno Carvalho: Veja bem, é rock, com algumas músicas mais cadenciadas, outras mais pra frente. Eu queria compor músicas que não fossem muito óbvias, não gosto dessas músicas bestas que qualquer um toca no violão. Os arranjos têm um cuidado, não foram feitos de qualquer jeito. Tem uma coisa diferente das outras bandas que ja tive, que é o fato de que as músicas praticamente não têm solos de guitarra. É tudo muito objetivo. As influências são muitas: Pixies, Breeders, Ronei Jorge & os Ladrões de Bicicleta, The Honkers, as bandas que eu gosto de modo geral. Ah, as músicas falam de amor, mas não todas...

Miwky: Fala como é que está o ambiente de gravação... O ritmo e tals...

Bruno Carvalho: As gravações já terminaram. Falta só a mixagem e pronto... Foi legal, tudo foi gravado em dois dias. As vozes foram gravadas em uma noite. Foi massa, na verdade não foi muito convencional. Porque Jera comprou a idéia do disco, mas ele não conhecia as músicas. Ele me pediu uma demo com o que seria gravado, mas eu acabei não entregando a ele, o que fez com que houvesse um certo clima de mistério. Eu gravava as bases das guitarras com um metrônomo e depois as baterias eram gravadas por cima. Eu só dizia "ficou bom", "essa virada foi boa", "essa foi uma merda", etc etc...
Foi legal porque a gente não sabia como soaria o resultado final. E pra mim ficou muito bom.

Miwky:Comente sobre o cenário de música rock em Salvador hoje: a profusão de bandas, mídia, público... Como você avalia o meio em que a Pessoas invisíveis vai desfrutar e o que falta pra ficar ok? Se é que falta...

Bruno Carvalho: Acho que a minha resposta é a que todo mundo dá: tem muita banda legal aqui. Pelo menos 5 ou mais bandas incríveis. Precisa apenas de mais lugares, mais estrutura, etc... Mas eu acho ótimo perceber como as bandas têm tentado se profissionalizar, exigir respeito, essas coisas que são importantíssimas...

Miwky: Pô, muito bacana a sua entrevista. Obrigadinha. Alguma consideração final??

Bruno Carvalho: Comprem o disco, jornalismo não enche o bolso de ninguém. Me ajudem a ficar rico!

A foto é de Eugênio Vieira, retirada do site da trama virtual. Pra ouvir a Pessoas Invisíveis, clica aqui é a faixa Começo do Fim.

Se você tem uma banda começando no cenário rocker de Salvador, manda ai um e-mail pra combinarmos a próxima entrevista.


16 Comments:

Blogger pin said...

tô orgulhosíssima do meu cunhadinho pizza. ouvi todas as músicas (sem vocais) e percebi que o som é rockzinho que dá vontade de escutar toda hora. enfim, um bom trabalho!
espero ansiosa pra ouvir o cd pronto e a voz da minha irmã..hahaha

22:41  
Blogger tiago ramone said...

muito bom!!!!!
que a série seja grande!
muitas bandas!
muitas bandas!

22:41  
Blogger Gabriela R. Almeida said...

Que bacana - tanto a iniciativa quanto o projeto novo de Bruno. Fiquei curiosíssima para ouvir Cris cantando!!

00:23  
Anonymous Nilma Cris said...

eu tb estou ansiosíssima, gabi! haha
falando sério, eu que acompanhei a produção desse projeto, sei que é um trabalho feito por bruno com muita dedicação e muuuuuuito amor. além de tudo, reflete a pessoa sensível que ele é.

10:30  
Blogger miwky said...

galera, fico feliz com a receptividade, domingo que vem tem mais. Uma banda nova desnudada por domingo, ai como eu tô afim...


hehehehe!!

10:58  
Blogger =Maíra= said...

muito legal!! bom pra gente que não é de Salvador se inteirar das bandas legais daí... e a entrevista tb foi muito bem conduzida!

11:43  
Anonymous fernandez said...

beleza de entrevista. aí, bruno, coloca mais faixas pra baixar. a primeira aquela é boaça. eu tô a milhares de quilômetros de salvador!

13:26  
Anonymous Márcio said...

legal a entrevista. mas como eu disse, eu acho esse fundo preto com fontes coloridas meio ruim de ler.

13:29  
Anonymous Anônimo said...

Parabéns! Muito bacana a entrevista. Aguardo as próximas bandas!

14:05  
Anonymous Dudare said...

gostei da iniciativa! qdo o tramavirtual deixar eu ouço o trabalho

17:20  
Anonymous diogo said...

Muito boa a entrevista Miwky, parabéns.
Curti a música que tem na trama virtual, espero que possa ouvir mais em breve

17:32  
Anonymous Ivan Vicente said...

Parabéns pelo blog e entrevista miwky, ainda estou esperando aquele convite pro F5 ir tocar ai em cima...

Bjs


Ivan
Fantastic 5
www.fantastic5.com.br

20:14  
Anonymous Antonio said...

Muito massa, querida Miwky. Aposto que agora esse blog vai receber cada vez mais visitas. Muito bom pra você, muito bom pra Salvador, pro rock, público e músicos. Boa idéia que dá a chance de aparecer a quem tem pouca mídia. Gostei da entrevista... O som é legalzim. Acho até que cabe um Pessoas Invisíveis e V-OUT. Hehehe! Beijo pra você, sorte pra nós!!!

21:38  
Anonymous irisedavi said...

Idéia fabulosa moça!!! revolução do jornalismo!!
abraços

13:58  
Blogger miwky said...

obrigada, galera! fico feliz que a idéia e o formato da entrevista tenham agradado. hoje a tarde tem mais um post quente, voltem pra ver.

beijocas!

14:02  
Blogger Daniel Barbosa said...

aê miwky, muito boa a entrevista, tou doido para ouvir esse som. Tou indo lá na trama dar uma checada. Depois que ouvir comento mais.

14:40  

Postar um comentário

<< Home